Cursos Livres

The Teacher: H²O

Clique na imagem para amplia-la...

<

3 Response to "The Teacher: H²O"

  1. Anônimo Says:
    7 de fevereiro de 2012 14:02

    Esta não é a atitude de um educador, você vem a publico dizer que entra em atrito com alunos e os classifica como "CDF" se tem esta postura deveria tentar outra profissão

  2. Michael Sama says:
    7 de fevereiro de 2012 23:09

    Muito bem, vamos lá.

    Para fazer um tipo de comentário desses, no mínimo, deve ser um (ou uma) Professor(a).

    Então, antes de mais nada, peço que responda para si mesmo.

    Você nunca insultou um aluno, mesmo fora da presença dele? Nunca praguejou ou fez alguma referência negativa sobre ele, a nenhum aluno que já teve?

    Se sim, é tudo Hipocrisia barata,... Não vivemos em um sistema educacional aonde você seja respeitado, então se torna desnecessário o seu comentário.

    E se não, bom você é um anjo, ou vive em um mundo paralelo, pois improvável aquele que trabalha em colégio público como professor, e não tem alguma magoa reprimida.

    A questão do blog, é e sempre será (apesar de desatualizado), relatar o convívio escolar da forma mais sincera em que acontece, seja do ponto de vista do aluno, ou do meu como professor.

    Vem me falar de postura? o que isso? um sistema reacionário, que impõe o que penso e como posso agir? Os professores, educadores que quebram essas barreiras invisíveis, impostas por pessoas que acham o que é certo e errado, querendo controlar e manter uma sociedade correta e equilibrada. O que precisamos, não é manter e sim mudar, desenvolver, evoluir.

    A fase do professor, certinho, bem claro, quadrado e muitas vezes chamado de panaca, acabou. Se você ainda vive nesse mundo, saia dele, ou morrerá como mais um velho chato, sem diferencial nenhum.

  3. Anônimo Says:
    11 de fevereiro de 2012 22:31

    Triste......
    Para lhe responder eu nunca ofendi um aluno, pelo simples motivo que ele é jovem e ignorante.

    Mágoa e até mesmo ódio eu tenho do sistema social e educacional que me impede de instrui-los adequadamente.

    O seu discurso é de cunho político, inexistindo qualquer relação com aconduta descrita originariamente.

    Mas imagino eu que você também seja jovem e nunca tenha visto efetivamente um aluno seu tornar-se algo melhor por conta de seu trabalho.

    Não é hipocrisia minha, mesmo porque nada tenho a ganhar com isso, sequer o conheço pessoalmente, mas gostaria, de um colega para outro que tentasse rever sua postura.

    Se a "fase do professor certinho" acabou inciamos então o que a fase do professor errado ?

    Verifiquei com atenção o seu blog e notei que vc não elogia um único aluno seu, nenhum fez um trabalho maravilhoso, ou fez aquela pergunta que até mesmo vc jamais tinha cogitado ?

    Nunca recebeu um email de um aluno,anos depois agradecendo e vc envergonhou-se de não lembrar-se dele.

    Isto não é "melodrama" acontece, acontece comigo e quando acontecer com você talvez talves entenda que o estudante, pobre, carente de tudo, principalmente de informação é mais vítima desde sistema que vc.

    O sistema reacionário, não opera da forma que pensa, mas sim criando educadores que se formam em uma cátedra e lecionam outra, premiando e estimulando a alienação.

    Aristóteles ensinou a Alexandre e mudou o mundo, eu ensinei a alunos que se tornaram-se médicos juízes ou simplesmente deixaram as drogas.

    As leis naturais das estatísticas dizem que de fato eu morrerei em breve, sou como disse velho e chato, mas com certeza fiz muita diferença tenho 69 anos e escrevo-lhe não como crítica mas como uma espécie de apelo louco e insano para que talvez, só talvez vc possa rever seus conceitos.

    Tenha um boa vida e faça a diferença, mesmo que para um único aluno

Postar um comentário